VER ETIQUETAS - BARRA LATERAL

victorlages@gmail.com

966327268

domingo, 13 de novembro de 2011

COMUNICADO, PRÉMIO UTOPIOA 2011 NÃO SE REALIZA

Caros artistas do fantástico


Eu, Victor Lages responsável e dinamizador do projecto Utopia - Núcleo Português de Arte Fantástica, venho por este meio informar, que depois de passados três Prémios Utopia com grande sucesso, este ano não se realiza o Prémio Utopia 2011, devido a vários factores de difícil resolução e de consciência.

A minha filosofia para o projecto Utopia, é com o objectivo maior de divulgar uma atitude artística diferente, um conceito estético inovador e também, provocar no apreciador e coleccionador, uma maior sensibilidade para com as obras de Arte.

Perante esta questão, necessito de refazer o regulamento do concurso, afim de que os objectivos sejam cumpridos.

Além do que referi, é também o facto de não arranjar patrocínios para a realização da cerimónia de entrega dos prémios. Em Julho, fiz diligências para onze empresas e só uma respondeu, desejando sucesso para o evento e nada mais, porque está em crise.

Estes patrocínios seriam para remunerar, mesmo simbolicamente, os participantes no espectáculo da cerimónia de entrega dos prémios.

Como devem saber, a realização deste evento tem sido possível pela amizade e generosidade das pessoas intervenientes, porque nunca consegui patrocínios.

Também e a título de exemplo, o último prémio atribuído a uma artista russa, o prémio digital, ela, ainda o não recebeu, por falta de dinheiro para o respectivo envio.

Por outro lado e como é público, nas anteriores edições do prémio, o mesmo foi atribuído mais do que um ano seguido aos mesmos artistas. Isto não quer dizer que o não tenham merecido, antes pelo contrário e até é sinal, de que a maioria das pessoas apreciam os seus trabalhos.

Como sabem, a pontuação realizada pelo júri é absolutamente transparente e não existe qualquer influência entre os membros do júri, porque eles só sabem quem são todos os seus membros, no dia da entrega dos prémios.

Um dos objectivos deste prémio é o de divulgar artistas e obras, por isso quantos mais forem premiados, mais visibilidade podem ter e mais incentivos poderão existir, para todos continuarem a desenvolver arte fantástica. Por isso gostava, que não existisse acumulação de prémios por parte de uns, mas sim, que o prémio fosse mais distribuído.

Assim, os vencedores de um prémio, vão deixar de poder concorrer no ano seguinte.

Também vai existir maior critério e rigor nas obras a concurso, no sentido de serem arte fantástica e não outra expressão artística e as obras que não estejam de acordo com a filosofia de arte fantástica, serão excluídas.

Mais ainda, estou a ponderar a partir do próximo ano de 2012, vir a incluir para a participação neste concurso, de uma taxa simbólica, afim de arranjar algum fundo de maneio para as despesas mínimas. Isto porque não existe fins lucrativos com a organização do evento e não tenho disponibilidade financeira para cobrir essas despesas.

O não realizar o Prémio Utopia 2011, não quer dizer um fim, mas sim uma suspensão, com o propósito de melhorar e dignificar o evento.

Espero reunir para o próximo ano, as condições necessárias e também com o apoio da Câmara Municipal da Amadora, que sempre me apoiou e sem ela nunca podia ter feito, o que foi realizado. Voltar a realizar o Prémio Utopia, com as melhorias que considero necessárias, para bem do projecto, da Arte Fantástica e que todos sejam beneficiados.

A situação que se vive hoje socialmente não está a ser o melhor tempo, pelo menos para mim. Por outro lado, a falta de patrocínios e tudo o mais, levou à minha desmotivação, não tendo feito há mais tempo as necessárias alterações no regulamento.

Estas são efectivamente todas as razões que me levam a não realizar o Prémio Utopia 2011. Por isso aceita as minhas desculpas, mas ainda tentei não suspender o evento.

A seu tempo volto a informar e a divulgar o regulamento já alterado.

Saudações fantásticas

Victor Lages

Sem comentários: